radiofrequencia facial rio de janeiroRugas e flacidez no rosto. Isso pode ser motivo de pânico para algumas pessoas. Com o passar dos anos a pele, sobretudo da face e do colo, vai perdendo elasticidade e, com isso, a flacidez parece ser inevitável.

Além da perda de elasticidade na face, o aparecimento de rugas e até de celulites faciais podem ser um grande incômodo para pacientes com peles mais maduras. Se esses são os motivos que tiram o seu sono, está na hora de fazer radiofrequência facial.

Esse procedimento foi usado pela primeira vez na França no século XIX, mas é na atualidade que se destaca como um tratamento estético seguro e eficaz para firmar a pele e melhorar a aparência do rosto.

Indicação da Radiofrequencia

A radiofrequência é a minha indicação para pacientes que desejam melhorar o aspecto do rosto, pois quando comparado com os tratamentos convencionais, como carboxiterapia (injeção de gás CO2) ou cirurgia plástica de lifting facial, a radiofrequência se sobressai por conta das vantagens que proporciona.

Mas, sobre os diferenciais da radiofrequência facial eu falo daqui a pouco. Primeiro é preciso entender como esse método funciona na pele.

Como funciona a radiofrequencia?

A radiofrequência é realizada por meio de um aparelho que emite ondas eletromagnéticas que vão gerar calor. A temperatura, que varia entre 38 a 40° celsius é medida por meio de um termômetro de infravermelho.

Devido ao aumento da temperatura, o tratamento de radiofrequencia promove uma série de benefícios como a melhora do tônus da pele tornando-a mais viçosa e esticada.

Em temos ainda mais técnicos, assim que as ondas eletromagnéticas atravessam a pele, acontece uma agitação das moléculas de água. Essa vibração iônica vence a resistência da pele e, provoca, assim, um processo inflamatório interno.

Com isso, duas reações ocorrem:

  1. Os colágenos que já existem se encurtam, por isso temos o efeito tensor
  2. Novos colágenos são produzidos.

radiofrequencia facial

Outros benefícios da radiofrequência

Sobre os benefícios e diferenciais que eu prometi falar, a radiofrequência de destaca em relação a outros procedimentos, pois:

É um tratamento não invasivo!

A aplicação é somente externa. Não há incisões e não necessita de cirurgia. Eba!

É um tratamento indolor!

isso mesmo! Ao contrário do que se pensa, a radiofrequência não queima e não dói! A sensação de calor é agradável e o paciente não sente dor alguma.

Procedimento de rápida recuperação

Após fazer o tratamento, pode-se voltar às atividades normais muito rapidamente.

É o melhor melhor custo-benefício

O custo é imensamente menor quando comparado a uma cirurgia de lifting. Seus preços são muito atrativos e o valor pode ainda ser parcelado em várias vezes. Consulte uma clínica de estética para tirar esse tipo de duvidas.

Interessada(o)? Que tal mais dúvidas?

Quantas sessões são necessárias para notar o resultado?

Já na primeira sessão, por conta da contração das fibras de colágeno, acontece um fenômeno chamado “efeito cinderela”, uma espécie de lifting em que ocorre um tensionamento temporário da pele. Para que se perceba os resultados efetivos e duradouros recomendo de 6 a 10 sessões.

Quanto tempo dura o efeito das sessões já feitas?

Os resultados vão ter uma maior duração de acordo com os hábitos de vida do paciente como beber bastante água, fumar, entre outros exemplos. Mas se tiver hábitos bons pode continuar estimulando colágeno por até 3 meses.

Qual é a frequência correta para tratamento?

Uma vez por semana ou de 15 em 15 dias. A duração de cada sessão de radiofrequência é de uma hora e engloba várias áreas como rosto, papada e pescoço.

Qualquer pessoa pode realizar esse procedimento estético?

A radiofrequência não é indicada para quem tem sensibilidade ao calor, apresenta ferida na pele, lesão aberta, e para quem possui marca-passo ou aparelho eletromagnético. São exemplos importantes de contra-indicações né?

Ficou interessad(a)o? Qual é o próximo passo?

Depois de todos esses pontos expostos, é importante destacar que o paciente deve procurar uma clínica com profissionais capacitados a realizar esse procedimento. É necessário agendar uma avaliação e aproveitar o momento para analisar se você está apto a fazer o tratamento e se é o mais indicado para o seu caso.

Total
3
Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*